domingo, 3 de janeiro de 2016

Boato :" PAI AGRESSOR DA MENINA DE 3 ANOS FOI MORTO NA CADEIA" Saiba a verdade.

Assista o video da prisão

 Como tudo que acontece vira noticia, não é de se estranhar que surjam boatos e brincadeiras na internet, especialmente para enganar os desavisados. Assim, aconteceu em relação ao caso de David Vargas dos Santos, 31 anos, que foi preso na cidade de Francisco Morato, por ter espancado a filhinha de apenas 3 anos de idade.

Embora estivesse sendo filmado, no momento da agressão, o homem não se intimidou e de forma arrogante permitiu que fossem feitas as imagens do ato covarde. Sendo assim, a mãe que queria dar um basta naquela situação, pois ele já havia agredido a menina em outras ocasiões, registrou as imagens e levou o vídeo para a polícia em Franco da Rocha, em 15 de dezembro, na Grande São Paulo onde mora. Segundo declarou a mãe à policia, Davi Vargas, em meio às agressões, chegou a enrolar o cinto no pescoço da criança.

Depois que o vídeo circulou nas redes sociais não demorou e, no dia 30/12, o agressor foi preso. Mas em 02 de janeiro de 2016, começou a circular a falsa notícia da morte do vigilante Davi,
inclusive com fotos de um homem morto dando conta de que ele teria sido assassinado por outros presos que estavam na mesma cela que ele, e que, portanto, o pai violento teve a sua recompensa. No entanto, comparando as fotos e observando os detalhes notamos que não se trata da mesma pessoa, e fazendo uma busca na web identificamos que o morto mostrado na foto trata-se de um vendedor ambulante de DVDs que morava em Itabuna na Bahia e que foi esfaqueado por um assaltante no ano de 2009, conforme notícia o blog "noticias de Itabuna".

Portanto, é mais uma mentira na Internet e o sujeito permanece preso na Cadeia Pública de Cajamar, onde fica temporariamente por 30 dias e responderá pelo crime de tortura.


Assista aos videos  do caso: